No início de dezembro a Pantone anunciou ultra violeta como a cor do ano de 2018. Muita gente já se perguntou: será que vai ser difícil combinar com outras cores como foi o greenery, verde eleito para 2017? É possível fugir do efeito Halloween da cor? E se minha pele for muito quente, dá para usar?

São tantos questionamentos que eu e mais 3 consultoras de imagem estudamos o tema e lançamos o #4Talks, um projeto on-line onde cada uma falava sobre a cor do ano de uma perspectiva. A  Silvia Scigliano falou de tendências e de como é feita a escolha da cor do ano, a Rachel Jordan sobre dress code e comportamento, a Luciana Ulrich explicou como usar cor do ano de acordo com seu tom de pele (sim, peles quentes tem seu tom de violeta!) e eu falei sobre como usar a cor de acordo com seu estilo.

 

Mensagem de refinamento e tradição do estilo clássico

Ao meu ver o interessante de se usar o ultra violeta é por ser uma cor que traz mensagens de originalidade, visão de futuro, espiritualidade e refinamento, e não para “parecer estar na moda” ou por ser a cor do ano. Mesmo porque está tudo interligado, a cor do ano é escolhida pensando no que estamos vivendo agora, no que queremos daqui para a frente. E eu tenho certeza que muitas das minhas clientes tem vontade de se sentirem mais criativas e originais!

Mas vamos às combinações! As misturas com tons neutros são fáceis de reproduzir qualquer que seja seu estilo, o violeta pode estar dominando o look ou apenas em detalhes:

Ultra violeta combinado com tons neutros

Já para combinações criativas e para as que gostam de cores quentes temos o contraste do ultra violeta com laranjas e amarelos, que mantém a eletricidade e originalidade da cor:

Ultra violeta com laranjas e amarelo

E para quem quer usar o ultra violeta de um modo mais discreto, o ideal é combinar com tons mais frios ou suaves de verdes, azuis e rosas:

Tons frios e suaves com ultra violeta

Espero que vocês tenham se inspirado e desejo um 2018 cheio de cor e sucesso para todos nós! 🙂